A impressão digital têxtil na loja do futuro

A impressão digital têxtil na loja do futuro

As lojas conceitos das grandes marcas servem para mostrar tendências e é o que veremos com frequência cada vez maior nos estabelecimentos. No final de setembro, a Riachuelo inaugurou sua loja conceito no Shopping Morumbi, em São Paulo, e a impressão digital é parte das inovações apresentadas.

A Global Química & Moda (GQM), empresa confirmada na FESPA Digital Printing 2020, colaborou com a Riachuelo na iniciativa chamada de RCHLO + (Riachuelo Mais), um espaço dedicado à customização de peças como jaquetas, camisetas e bodys infantis com o apoio da estamparia digital. O objetivo é escolher uma estampa e imprimir na hora, ou seja, uma solução on demand com a cara do cliente.

De acordo com Felipe Simeoni, gerente de Marketing e Inteligência de Mercado da GQM, a impressora usada é a Epson SureColor F2100. “Projetada exclusivamente para impressão direta em tecidos, a SureColor F2100 oferece um sistema especializado que permite altas velocidades de produção. Ele pode finalizar a impressão em até 30 segundos, proporcionando vivacidade de cores e acabamento de alto padrão. Está sendo usada na loja conceito da Riachuelo no Morumbi”.

Não existe restrição em relação ao tipo específico de peça - pode ser calça, blusa, jaqueta, peças infantis. A indicação é que a peça tenha composição de, no mínimo, 50% algodão. O projeto, de acordo com o especialista, é uma tendência mundial que deve crescer.

“A ideia é expandir para outras lojas da rede. Hoje este conceito de personalização já é utilizado em outros clientes de moda que atendemos, especialmente em lojas menores ou com e-commerce, com um público que prioriza muito o personalizado e tem dado muito certo”, conta Felipe Simeoni.

No mesmo espaço da RCHLO +, outra possibilidade de personalização das peças são as aplicações de patches, tendência super forte que promete dar um up em qualquer produção.

Loja Conceito

A Riachuelo inaugurou o novo conceito de loja no Shopping Morumbi no dia 26 de setembro. O espaço de 2.290m2 conta com um mix de produtos da marca, além de apresentar novos serviços e projetos pilotos da companhia.

A experiência de compra do consumidor será inteiramente digital, com pagamento através de dispositivos móveis espalhados pelo estabelecimento. Na nova loja, o cliente pode escolher receber os produtos no endereço de sua escolha, sem custo de entrega. Outra alternativa serão os lockers inteligentes para o formato de "compre e retire em loja".

Para o momento de experimentar as peças, os clientes podem consultar outras cores e tamanhos disponíveis do produto, solicitar novos itens e até ajustar a intensidade de luz – tudo sem precisar sair do provador, graças ao espelho interativo disponível para consulta.

A cenografia e a comunicação visual ganham força em cada departamento. São 67,8m2 de painéis de LED que trazem o conteúdo e storytelling da marca. Além de detalhes espalhados por toda loja e de espaços instagramáveis, como bonecos em tamanho real dos heróis da DC para a interação dos clientes.

A nova loja recebeu o selo HBC (Healthy Building Certificate), uma certificação internacional que atesta saudabilidade de construções com base na qualidade do ambiente. As luminárias foram produzidas a partir de cabides plásticos reciclados, reutilização dentro da própria cadeia.

A inauguração do Shopping Morumbi integra o plano de expansão da marca, presente em todas as regiões do país, com 318 lojas. Para 2019, mais três novas lojas serão inauguradas e muitos dos projetos, que iniciam como piloto, serão replicados nas demais unidades da rede nos próximos anos.