Pesquisador alemão Ulrich Wolzenburg fala de digitalização no Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica

Pesquisador alemão Ulrich Wolzenburg fala de digitalização no Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica

O 4º Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica acontece nos dias 24, 25 e 26 de novembro e pela primeira vez será promovido em uma plataforma virtual. Palestrantes do Brasil e do exterior vão tratar da impressão e sua relação direta com tecnologia e sustentabilidade.

Entre eles, está o pesquisador alemão Ulrich Wolzenburg, que vai trazer como tema “Digitalização em pequenas e médias empresas”, mostrando que novos conceitos e tecnologias não estão restritos apenas aos grandes grupos e sim a todos os portes de empresas, bastando saber como adaptar cada conceito a diferentes realidades.

Para Ulrich, ainda há uma certa resistência de alguns empresários em implantar a automação. “Por um lado, há muitas empresas inovadoras e motivadas que não apenas tratam das questões de automação, mas também de muitos aspectos da digitalização progressiva. Por outro lado, você também encontra empresas que estão lutando contra isso. É muito fácil atribuir essas dificuldades apenas aos proprietários de empresas, mas muitas vezes há outros problemas estruturais que dificultam o desenvolvimento das empresas no contexto da digitalização”.

O pesquisador reforça que a automação por si só não é o bastante: “Os fluxos de trabalho devem ser adaptados, funcionários devem ser treinados e - dependendo dos objetivos - estruturas corporativas devem ser desmembradas. Porém, mais oportunidades de treinamento e uma abordagem aberta e transparente aos objetivos corporativos podem ser um primeiro alicerce aqui”.

A otimização na preparação de trabalhos, na visão do pesquisador, é uma etapa crucial “especialmente quando falamos de produtividade, o que normalmente significa combinar e processar muitos trabalhos de impressão no menor tempo possível; com o menor custo de investimento, a preparação é um fator decisivo. Aceitação automatizada de trabalho, correção e configuração de impressão conjunta podem ser componentes cruciais”.

Mas, novamente reforça: “A digitalização e as oportunidades que ela oferece são mais do que apenas implementar alguma tecnologia e a pura automação de trabalhos impressos. Muitos potenciais estão em outras áreas da empresa e - além da economia de custos - também podem ser boas oportunidades para novos serviços ou modelos de negócio. No entanto, encontrá-las nem sempre é fácil, pois muitas vezes exige uma mudança de perspectiva mesmo dentro da empresa, o que pode ser um grande desafio dependendo da estrutura da empresa (e do empresário)”.

Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica

O Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica está em sua quarta edição e é uma parceria ABTG (Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica) e APS Eventos Corporativos. Pela primeira vez online, acontece nos dias 24, 25 e 26 de novembro. O Patrocínio Institucional é de Afeigraf, Fedrigoni e Papirus. Informações sobre inscrição e detalhes da programação estão disponíveis no site: www.congressotecnologiagrafica.com.br.