Opinião FESPA: Mudança para produção ambientalmente sustentável está sendo impulsionada pela demanda do cliente

Opinião FESPA: Mudança para produção ambientalmente sustentável está sendo impulsionada pela demanda do cliente

Da embalagem à propaganda e até mesmo na decoração de interiores, a sustentabilidade ambiental está em alta na agenda dos consumidores e, portanto, tem impacto nas marcas e companhias das quais eles compram. Sean Holt discute as descobertas do FESPA Print Census 2018 que destacam a importância de uma produção ambientalmente sustentável.

Uma grande tendência que emergiu do Census foi que os negócios estão se tornando cada vez mais centrados no cliente e isso com certeza também conduziu para produções mais ambientalmente sustentáveis.

Muitos investimentos e decisões de negócio dos fornecedores de serviços de impressão parecem fortemente influenciados pelas expectativas dos consumidores sobre materiais e produções sustentáveis. De fato, cerca de 76% dos entrevistados reportaram que suas estratégias de negócio estão sendo moldadas pela demanda do cliente por produtos mais responsáveis ecologicamente.

O feedback dos expositores da FESPA Global Print Expo 2018 também refletiu que os fornecedores de serviços de impressão estão levando a sério as demandas dos clientes, com um número considerável de maior conscientização das questões de sustentabilidade e redução de pegada de carbono, assim como maior interesse em substratos, tintas e tecnologias amigáveis ao meio ambiente.

De fato, enquanto 32% dos entrevistados no Print Census responderam a essas demandas com investimentos em equipamento com eficiência energética e certificado ambientalmente, parece que a maioria dos fornecedores de serviços de impressão está embarcando em uma vasta gama de iniciativas visando melhorar a sustentabilidade. De investimentos em treinamentos sobre sustentabilidade ao uso de tintas livres de VOC (compostos orgânicos voláteis) e mídias recicláveis, até programas de reciclagem, as empresas parecem estar explorando todas as suas opções.

O que é ainda mais encorajador é que 72% dos entrevistados falaram que conseguiram investir em sustentabilidade sem aumentar o custo aos seus clientes. Isto também permitiu a eles manterem-se competitivos e preservar as vendas, enquanto simultaneamente atende às necessidades dos clientes por serviços mais verdes - uma abordagem realmente centrada no cliente.

Em geral, isto cria um quadro realmente encorajador para o futuro do setor de impressão de especialidades; o crescimento de negócios saudáveis e lucrativos pode ser alcançado através de investimentos em sustentabilidade. Com um a cada cinco empresas do ramo citando sustentabilidade como uma grande influência, a FESPA Global Print Expo 2019 (de 14 a 17 de maio) em Munique, Alemanha, certamente vai proporcionar uma excelente oportunidade para explorar os possíveis novos caminhos para uma produção mais ambientalmente sustentável. Por exemplo, muitos dos vestuários que são produzidos pelo recurso interativo de fast fashion, a Print Make Wear, irá envolver o uso de tintas e materiais mais sustentáveis, assim como muitas das aplicações de decoração mostradas no Printeriors.

Nota do Editor: Na FESPA Brasil 2019, de 20 a 23 de março, no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, em São Paulo, estarão muitas tecnologias que já possuem características de produção sustentável, desde impressoras, tintas, mídias e outros, buscando uma produção amigável ao meio ambiente. Para visitar a feira, faça o cadastro gratuito no site: www.fespabrasil.com.br/pt/visitar/cadastro.