Artigo: Quais as opções na impressão para decoração de interiores?

Artigo: Quais as opções na impressão para decoração de interiores?

Por Sophie Matthews-Paul para a FESPA.com

O desejo de customizar nossa casa e nosso ambiente de trabalho é um poderoso condutor que traz com ele uma variedade de possibilidades na área de impressão para decoração de interiores em muitas aplicações chaves.

Com muitas diferentes opções na impressão têxtil, como sinalização leve (soft signage), fashion e interiores, os impressores e marcas têm uma série de aberturas para adentrar neste espaço.

A arena para a impressão em grande formato tem se tornado mais competitiva com o crescente número de negócios que se voltam para a tecnologia inkjet de larga escala como uma adição aos seus modelos de negócio.

Embora isto tenha sido saudável até certo ponto, permitindo que os clientes, marcas e agências em geral tivessem uma ampla escolha de oportunidades de aplicação à disposição, para alguns produtores de materiais, como display, isto foi um pouco prejudicial.

Trabalho interno

Alguns trabalhos não são mais lucrativos por conta das margens cada vez mais apertadas, com mais e mais impressores perseguindo a mesma fatia do bolo, e impedindo muitos trabalhos considerados "padrão" de serem úteis.

Inevitavelmente, com os pedidos de ponto de venda e varejo caindo em lucratividade, as empresas estão buscando por segmentos de maior nicho, onde sua tecnologia pode ser usada como vantagem e os investimentos em máquinas podem ser mudados para novos mercados.

No entanto, a impressão para decoração de interiores está agora crescendo em popularidade por conta da habilidade da produção de baixo volume, com aplicações com alta margem sendo produzidas sem a necessidade de investimento em novos motores de impressão. Cobrindo diversos meios, a ênfase está na personalização, simplicidade do design ao resultado final, e rápida produção para a maioria dos trabalhos.

Conforme a impressão digital em grandes formatos tornou-se mais diversa, trouxe com ela a habilidade de lidar com uma variedade de volumes mas, voltando à essência da tecnologia inkjet, uma de suas maiores vantagens está no fato dela ser o processo ideal para a geração de impressões únicas e tiragens muito baixas.

Ela também corta o tempo desde a origem do produto até seu acabamento e, sozinha, é uma razão que está conduzindo aumentos significativos na demanda para decoração impressa usada para uma vasta seleção de produtos, tanto em ambientes comerciais como domésticos.

Talvez por isso que, ironicamente, a decoração tem completado o círculo desde os dias de pinturas na caverna, passando por séculos de murais e móveis feitos cuidadosamente à mão passando à produção em massa de papéis de parede, piso e móveis, tão populares até a metade do século vinte.

Como esses produtos dependiam totalmente de métodos de produção analógicos e, ainda, métodos de produção manual, a escolha do design dependia das tendências daquela época. A fabricação geralmente envolvia uma instalação de trabalho, entregas demoradas quando a produção mudou para o outro lado do oceano, e a falta de oportunidade de muitos usuários finais de expressarem sua individualidade.

A única alternativa foi usar um especialista altamente treinado em decoração para gerar aplicações personalizadas.

Mudando a moda

 

A Roland TrueVIS é tanto uma impressora digital de grande formato como uma máquina de corte. Isto torna possível imprimir, por exemplo, desenhos de transferência de calor personalizados para colocar em elementos de decoração. O equipamento poderá ser visto na FESPA Brasil 2017!

Como se viu na moda, vários fatores trouxeram mudanças nos princípios de fabricação dentro de segmentos de mercado anteriormente controlados pelas limitações impostas usando processos de produção analógicos.

Sem dúvidas, a tecnologia inkjet tem permitido que toda a decoração de interiores passasse por uma metamorfose dos métodos de produção, que envolve longos tempos de entrega e altos volumes com custos consideráveis de montagem, a peças individuais sob demanda que podem ser geradas em horas ou dias em vez de semanas ou, como era mais comum, meses.

Usando um equipamento padrão de impressão de grande formato, uma aplicação pode ser manipulada da mesma maneira do que um pedido para um pôster ou banner, a principal dicotomia entre o trabalho de banner e decor vem do tipo de cliente final.

Ao contrário dos pedidos comerciais, a decoração de interiores é criada com um pensamento totalmente diferente - clientes não estão buscando por produtos promocionais ou ganchos publicitários mas, em vez disso, querem soluções estéticas e práticas para preencher uma variedade de oportunidades no mercado de decoração.

O segmento para decoração de interiores abrange uma miríade de aplicações e, inevitavelmente, há um crossover entre a impressão gráfica e industrial com a funcionalidade desempenhando um papel vital no trabalho final, sendo ideal para o propósito.

Esta é uma área onde tendências conduzem demanda e, com a tecnologia digital, é muito mais fácil e menos arriscado determinar acabamentos e estilos populares sem estar comprometido a longos prazos de entrega, complexa pré-impressão analógica, e rotinas trabalhosas de impressão.

Mantenha-o legal

Enquanto algumas aplicações de decoração têm sido candidatas óbvias para impressão digital, como cerâmicas e papéis de parede, outras necessitam cumprir critérios mais rigorosos. Isto é particularmente importante no setor têxtil, onde pode haver uma legislação rigorosa em relação a materiais e revestimentos retardadores de fogo, dentre outros fatores.

Apesar disso, ainda há bons e lucrativos casamentos entre inkjet e decor, com muitos destes indo além do atual elemento de impressão e indo para revestimento, como os usados em produtos de revestimento de piso.

A Durst Rhotex 325 é um sistema de impressão com duplo propósito, o qual combina impressão direta no tecido com a tecnologia de impressão transfer dye-sublimation, imprimindo em larguras de até 3,2m. Converse com a equipe da Durst na FESPA Brasil 2017!

Oportunidades para o uso de impressão digital no design de interiores têm sido ajudadas pela disponibilidade de substratos rígidos e com alimentação por rolo, muitos dos quais permitem que acabamentos que parecem caros sejam impressos em mídia relativamente barata. Exemplos típicos incluem emular a aparência de madeira cara a qual, na verdade, não é nada mais do que tinta em um substrato de baixo custo.

A gama de materiais disponíveis para impressores de grande formato, juntamente com as formulações de tinta normalmente usadas através de uma vasta seleção de aplicações, significa uma variedade de acabamentos que podem ser gerados que são perfeitamente adaptáveis ao decor.

Isto significa que muitos trabalhos da área antes feitos de forma analógica podem agora ser produzidos muitas vezes em sistemas de impressão bastante modestos, com resultados que resistem até mesmo aos níveis mais restritos de avaliação.

No entanto, além dos benefícios visuais, o relacionamento da tinta com o material e sua habilidade de ser laminado ou envernizado pode ter um papel vital quando falamos de durabilidade, resistência ao desgaste e desbotamento se exposto à luz do dia, incluindo UV natural.

Sem dúvida, porém, a impressão inkjet está trazendo vantagens significativas ao mercado de decoração de interiores com benefícios notáveis, como baixos volumes e customização.

A largura do sistema e os materiais disponíveis também têm simplificado a habilidade de imprimir trabalhos em uma peça sem junção ou ladrilhos, além do que, para uma infinidade de aplicações, 1,6m é uma largura perfeitamente adequada para trabalhos de alimentação a rolo e mesa plana.

No entanto, como uma medida de precaução, muitas das químicas de tintas dos dias atuais não foram concebidas e formuladas para aplicações onde o toque tem uma parte relevante na aplicação como um todo. Ainda não há normas padrões que se apliquem a conteúdo da tinta, embora algumas formulações devam ser levadas em consideração em termos de adequação para ambientes internos.

Algumas tintas, como a látex, já têm classificações relacionadas às emissões e qualidade do ar. Este são certamente complementados, em última estância, por baixa migração e critérios de segurança e saúde em geral, que se aplicam a todas as partes componentes de um trabalho e as substâncias usadas para produzi-las.

Isto significa que os fornecedores de serviços de impressão que adicionam decoração de interiores a sua gama de serviços, assim como os consumidores e designers, precisam considerar as implicações dos químicos. A sua adequação para móveis e acessórios pode necessitar de um revestimento ou excesso de laminação.

O que você quer e quando você quer

As casas, escritórios, hotéis, restaurantes, áreas públicas e centros de leituras atuais são todos locais relevantes para a decoração de interiores produzida digitalmente. A relativa facilidade com a qual aplicações podem ser produzidas, sem penalidade para volumes pontuais e baixos, e a habilidade de introduzir personalização, são elementos chaves no crescimento deste segmento de mercado.

Isto, por sua vez, levou a uma maior criatividade e velocidade do design, passando por worklfow e impressão até o produto final. Praticamente toda superfície pode ser melhorada com decoração impressa em inkjet, de vidro a muros, passando por móveis e pisos.

O escopo disponível atualmente estende-se a todos que querem acomodar uma aparência específica dentro de seus ambientes e, como as tendências estão mostrando de forma muito clara, este é um segmento onde a tecnologia já está testada e é confiável, e sua aplicação está pronta para aumentar.

Sobre a autora - Sophie Matthews-Paul

Uma ex-fotógrafa de comércio, Sophie Matthews-Paul é uma consultora de tecnologia especializada em impressão digital inkjet, com a qual está envolvida desde sua criação.

Os setores que ela cobre incluem design de equipamento, integração e construção, tintas, materiais e consumíveis; ela trabalha com fabricantes, fornecedores e usuários finais de impressoras gráficas e industriais de passada única e scanning, indo das unidades compactas até as de cinco metros de largura.

Fonte: FESPA.com

FESPA Showroom

Quer ver aplicações criativas e inovadoras para o mercado de impressão digtal para decoração de interiores? Visite gratuitamente a FESPA Brasil, entre os dias 15 e 18 de março no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, em São Paulo, e conheça um espaço criado especialmente para isso: o FESPA Showroom. Trata-se de uma área especiail em que os expositores vão mostrar ideias diferenciadas usando impressão digital. Saiba mais aqui e inscreva-se agora para visitar a feira: http://www.fespabrasil.com.br/pt/visitar/cadastro.

11 a 14 de Março de 2024
Segunda a quinta-feira das 13h às 20h
Pavilhão Azul do Expo Center Norte
São Paulo, SP - Brasil