• Brasil é o quinto maior produtor têxtil do mundo
28
Jul
2016

Brasil é o quinto maior produtor têxtil do mundo

Com quase 200 anos no país, a indústria têxtil brasileira aponta mundialmente como o quinto maior produtor e referência em design de moda praia, jeanswear e homewear, tendo crescido também os segmentos de fitness e lingerie, conforme dados de 2016 da ABIT - Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção.

A cadeia têxtil e de confecção teve no ano passo US$ 36,2 bilhões de faturamento contra US$ 53,6 bilhões em 2014. Já as exportações e importações foram respectivamente de US$ 1,08 bilhão versus US$ 1,18 bilhão de 2014 e US$ 5,85 bilhões em 2015 comparado aos US$ 7,08 bilhões do ano anterior. Mesmo assim, o ano fechou com um saldo da balança comercial (sem contabilizar fibra de algodão) melhor que 2014: US$ 4,8 bilhões negativos, contra US$ 5,9 bilhões negativos em 2014, informações também coletadas através da ABIT.

A tradição brasileira nesse mercado está longe de acabar. Pelo contrário, vem se renovando constantemente. Atualmente a moda brasileira encontra-se entre as cinco maiores Semanas de Moda do mundo e o país contabiliza mais de 100 escolas e faculdades de moda, ainda de acordo com a ABIT.

E é neste Brasil que a Roland DG investe, trazendo os mais modernos equipamentos para o mercado têxtil. Só em 2016 foram duas impressoras específicas para o setor, a RT-640 e a XT-640 da linha Texart, além das tintas fluorescentes, desenvolvidas exclusivamente para os equipamentos da série.

A linha Texart sobressai pela eficiente associação de tempo versus qualidade, sendo destaque na RT-640 o acabamento primoroso, o refinamento nos detalhes, o desempenho altamente estável e a velocidade de impressão de até 48m²/h em quatro cores. Além da intensificação nas cores: mais fortes e vibrantes; pretos mais profundos; gradações sutis; e um leque de cores mais amplo com a adição das novas tintas laranja e violeta.

Já a XT-640 com alta produtividade, atinge a velocidade de até 102m²/h de impressão em quatro cores e qualidade máxima de até 1.440dpi que garantem maior confiabilidade no resultado. O equipamento conta ainda com uma robusta construção e duas cabeças de impressão em formação intercalada cabeçotes duplos perfeitos para captar cada gradação e detalhe; um sistema de tinta que permite uma impressão sem monitoramento; rastreamento preciso do material para uma produção em alto volume; e a tecnologia avançada do controle de impressão que produz uma imagem nítida e de cores vibrantes.

Para acompanhar a alta tecnologia dos equipamentos e atendendo as necessidades do mercado na diversidade da paleta de cores, a Roland DG desenvolveu uma linha de tintas exclusiva para as impressoras Textart, que incluem as cores fluorescentes pink (Fp) e amarela (Fy), as quais podem ser combinadas com as tintas atuais da linha para produzir centenas de tonalidades vivas e fluorescentes.

A biblioteca de cores patenteada, Roland DG Fluor, pode ser instalada no Adobe Illustrator e CorelDRAW de fácil uso e customização. Com um clique na cor desejada da paleta, permite incorporar cores fluorescentes, brilhantes ou pastéis na sua produção de forma fácil e rápida. As tintas estarão disponíveis a partir de agosto no Brasil, na configuração CMYKOrViFpFy (8 cores) para as impressoras Texart XT-640 e RT-640 com o software RIP Ergosoft.

Além da linha Texart, a empresa também conta com um vasto portfólio de equipamentos sublimáticos, como a RF-640S de alta produtividade, excelente qualidade de impressão e fácil manuseio. O equipamento oferece rapidez e impressões de alta qualidade, mantendo ao mesmo tempo um baixo custo de operação, que se traduz em mais lucratividade na produção.

A Roland DG busca oferecer um modelo de trabalho que vai além da venda de equipamentos, como afirma Anderson Clayton, Chief Business Development Officer da Roland DG Brasil: “A empresa está pronta para prestar todo o suporte que a indústria necessita através de seu programa de Roland DG Care - uma ampla assistência que atende a todos os detalhes do funcionamento do equipamento, passando pela instalação, treinamentos e manutenção, por toda vida útil do produto”, o executivo ainda continua, “somos uma empresa completa, vamos do maquinário ao suporte passando pela assistência técnica em todo território nacional. Pretendemos, neste momento, mostrar ao mercado que somos mais que fornecedores, mas sim parceiros”, finaliza Clayton. Toda linha Roland DG está disponível no site da empresa – www.rolandg.com.br.

FESPA Brasil

A FESPA Brasil também enxerga o mercado têxtil como promissor. Por isso, promove na FESPA Brasil 2017 a terceira edição do Digital Textile Conference, um dia inteiro de palestras sobre impressão digital têxtil, segmento que vem ganhando espaço na indústria e que oferece um mundo novo de possibilidades ao empresário do segmento de estamparia digital e a criativos da área da moda, que com os equipamentos certos conseguem criar conceitos inovadores.

A feira promove também o Sublimation Day, um dia voltado para apresentar e aprofundar temas do mundo da sublimação. Além disso, a feira conta com os grandes players do setor apresentando inovação em impressão digital têxtil em seus estandes. A FESPA Brasil 2017 acontece entre os dias 15 e 18 de março no Expo Center Norte, em São Paulo. Cadastre-se para visitar a feira em: www.fespabrasil.com.br/pt/visitar/cadastro.